hey ho, let´s go!!!

Incrível se a primeira vez deles por aqui. Gente, Ramones!!!

Sério, quem não começou a gostar de rock com eles? Ok, não todo mundo. Pra mim foi. Já conhecia Beatles e uns mais tranquilos, mas punk, tosco, foram eles. A camisa deles que ganhei no meu aniversário de 13 anos tá na ativa até hoje. Atualmente como pijama, mas firme e forte!

E que som bom!! Sem colocar o refinamento musical em pauta, até porque não tenho o menor gabarito pra isso. Som bom de dançar, pular, fazer mosh.

E traz muita lembrança boa. De adolescência, descobertas…

Diversão, essa é a palavra.

Hoje, seguindo o clima animado, vamos com uma que amo deles, Tomorrow she goes away, do disco Mondo Bizarro. Sempre foi um dos meus discos preferidos!!

Porque hoje tem, gente!!!

Daqui a pouco no Granfinos, Musique e Mallu! Corre no facebook do Musique que hoje às 14:00 hs a gente sorteia uma cortesia!

na pixta pra negociar

Sempre que estamos em semana de discotecagem a gente fica meio elétrica, ouvindo músicas boas pra por na pista. E claro, botando os pezinhos pra dançar na sala.
Essa aqui é uma das que está na minha lista!
Bora pra pista?
Musique a trois discotecando no show da Mallu, no Granfinos, amanhã, aqui em BH!

It’s a whole new world

Reviravoltas inesperadas, coisas remotas que viram opções palpáveis. Novidades. Coisas que terminam, coisas que começam… Eita esse novembro de 2012 foi com emoção, viu? Pra gente aqui do Musique pelo menos.

3, número mágico.

É bom estar junto. É bom ser três, estar por perto. É bom, mesmo de longe, rir junto. É bom poder contar, saber que tem com quem contar. Que tem alguém pra te dar um ‘bom dia’.

Isso tudo tem pesado muito nas decisões a serem tomadas pro pós-novembro. E, além de muito estudo e escrita, sabe o que espero: ALEGRIA!! Se o mundo vai acabar, não sei. Mas que alegria reine, gente…

Emfim, depois de tanto devaneio, coloca a preciosa música de hoje! A FOFA Dandy Darling, do já amado disco novo do Thiago Pethit. É a minha preferida do disco, num tem jeito! Semana passada ele lançou esse vídeo não-oficial dela, estrelado hilariamente por ninguém mais ninguém menos que a Twiggy! Arrasou!

Ahhhhh uma super novidade: nessa quinta, 29 de novembro de 2012 a fofa da Mallu toca em BH. Adivinha quem estará na discotecagem? Sim, nós, as Musiques!!!

Animou de ir? Então se liga que vamos sortear 2 convites na quinta-feira! É só ir lá na nossa página no faceebook a partir de hoje e se inscrever pra participar.

Perde não!! Vem ser alegrar com a gente!!!

venha se perder por aqui

Olha ele aqui de novo. Trabalho novo!

Semana passada vi que o Thiago Pethit tava com disco novo (download aqui). O primeiro dele é bom. Na minha singela opinião, tem na linda Mapa mundi a sua alma. Talvez pelo carinho que tenho por ela, talvez pelo conforto que ela trás à alminhas itinerantes como a minha…

O novo trabalho, chamado Estrela Decadente, brilha. Um ar um pouco vintage, que não sei porque me soa meio Nelson Rodrigues… Uma mistura de letras cantadas em português e inglês o tempo todo. E tão, mas TÃO gostoso de ouvir! Umas pra dançar na pista, outras pra dançar juntinho…

Outras pra fazer sorrir.

Acho clichê demais falar isso, mas dá pra ver que a música dele amadureceu. Cresceu.

Então, se prepare para a linda & melancólica Perto do fim – com participação da Mallu, para a sexy Devil in me, e para a animada e engraçadinha Dandy Darling – minha preferida do disco até agora.

MAS, pra hoje, vamos com a música que abre o disco: Pas de Deux. Que clipe lindo!!! Climinha e sonzinho com ares de anos 30. Participação discreta da linda Alice Braga (que protagoniza o excelente clipe de Nightwalker).

Sério, disco cativante! Super dica gostosa pra ir terminando a semana!

Ahhhh, e já que as estatísticas do blog dizem que a maioria do nosso público é de Belo Horizonte, dia 27 de outubro o moço estará por lá lançando o trabalho novo. Onde? No nosso já conhecido e querido Granfinos.

Perde não!

sambinha pra trazer você de volta

aquarela por Fábio Moon

Olha ela aqui outra vez!! Coincidência – ou não – que ontem, procurando qual seria a música de hoje, topei outra vez com o super recém lançado clipe da Mallu Magalhães. A música, outra lindeza do disco Pitanga, chama Sambinha bom. E o título diz muito sobre ela. Ou diz tudo: simples, levinho, gostoso. Pra ouvir juntinho, grudado…

*suspiros distantes*

Como li na ótima matéria do Rocknbeats, uma coisa muito legal do vídeo foi o climão, que lembra muito aquele antiiiigoooo primeiro clipe da Mallu. Como se ela, depois de ‘crescida’, revisitasse o quarto, as cores, as malas. A maquiagem vermelha no olho.

Lindo, delicado.

Pra te trazer de volta.

Batom vermelho

20120125-225943.jpg

Enfim, o clipe saiu!! Comecou a rodar ontem na internet! Tenho que confessar: semana passada assisti o teaser desse video, fiquei com a música na cabeça dês de então… Explicando:

Gosto da Mallu Magalhães dês do primeiro disco. Na verdade, dês do estouro no myspace. Sempre achei o som dela uma delicia, leve, felizinho. A figura dela era meio estranha: não falava direito, adolescente meio sem jeito, olho pintado de azul bizarramente… Figura estranha. Ok, menina novinha! Antes do bafafá do namoro com o Camelo, eles gravaram uma das musicas mais lindas dos últimos anos: Janta. Romântica, leve e verdadeira.

Bom, veio o segundo disco dela. Legal mas meio sem graça. Daí então, lá pra setembro/agosto do ano passado, veio o Pitanga. Amo esse disco. Acho engraçado que ele é quase um reflexo do ultimo disco do Camelo, feito explicitamente pra Mallu. Assim como o dela foi feito pra ele.

Esse video ficou lindo! Ela cresceu e esta virando uma mulher linda! Aprendeu que maquiagem não é um olho pintado de azul, mas um olho pretão maravilhoso.  Que o batom vermelho faz sim o dia de uma mulher. Graças a Luna, descobri o poder de uma boca vermelha, a força do Ruby Woo na vida de uma pessoa… A música fala também da maturidade que vem com o tempo. Não que alguém de 19 anos deva se intitular ‘velha’, mas ter a alegria como dom é quase divino. Assisti uma entrevista delas Mallu sobre a musica, onde ela liga o velha ao amor pela experiência, amor ao que nos tornamos.

E realmente: não vem tirar meu riso frouxo! Hoje vou passar batom vermelho, com certeza!