quanto mais Fiona melhor

 

2013-07-24 20.50.44

Por um clipe novo da Fiona Apple vale tudo: trocar de post na última hora e até sair da vibe.

Por esse clipe LINDO então, vale até acreditar que dias melhores virão. Ok, meio drama queen.

AMO a Fiona, adoro os clipes dela. Desconfio que nunca a vi tão linda quanto neste. Uma música aparentemente simples: jogo de vozes e pouquíssimos instrumentos. Acústica e crua, como o restante do maravilhoso disco The idler wheel is wiser than the driver of the screw and whipping cords will serve you more than ropes will ever do.

Um vídeo também simples. Mas forte. Intenso.

Li uma crítica interessante desse disco, que fala que a música da Fiona “é uma reflexão às misérias de nossas vidas”. Nunca tinha visto por esse lado, mas concordei. Até me fez entender um pouco melhor o que tanto me agrada nas letras dela: quase nunca tem um final feliz.

Isso é diferente. E bem intrigante. Pelo menos pra mim.

Just for fun

20130124-094145.jpg

Quase sexta, quase Carnaval!

Dias corridos por aqui… Pra hoje escolhi um clipe divertidíssimo da minha amada Fiona Apple.

Música delícia, atuações hilárias.

 

eu só quero sentir tudo

 

disco novo da Fiona Apple. nome gigante, nenhuma novidade: The idler wheel is wiser than the driver of the screw and whipping cords will serve you more than ropes will ever do.

confesso que, apesar de fã declarada e apaixonada pelas letras e musicas dela, o seu disco anterior, o Extraordinary Machine, não me impressionou muito. alguma músicas são uma delícia, a do titulo do disco principalmente. mas também não ouvi ele com o carinho e a atenção devida.

com este disco novo foi diferente: começei a ouvir e não parei. música por música, letra por letra. impressão final: intenso, viceral. sabe quando tem sentimento no que você escuta? frases cantadas por entre os dentes? senti isso.

todas as músicas com uma temática: amor, relacionamentos. como sempre nas musicas dela – quem conhece, conhece. todos clipes dela que me lembro tem cenas dentro de quartos (postei esse uma vez, mas meu clipe preferido, sem dúvida, é o de Criminal). uma dúvida constante entre querer perto e querer afastar a pessoas amada. ou querida, ou desejada. um sentimento constante de querer provar que pode dar certo, apesar de toda loucura no meio. querer mostrar que é especial, apesar de muita maluquiçe, problemas, coisas corriqueiras que existem ali no meio. igual todo e qualquer ser humano.

idade perto da minha, mesmo signo. cada vez essa virginiana linda – e agora ruiva – parece estar cantando um pouco mais da vida de uma forma intensa, viceral. e linda. com um cérebro que pensa e trava lutas constantes. com vontade de extrapolar o que borbulha por dentro, o que dói por dentro… e explodir!!!

‘eu só quero sentir tudo’

só isso.

pura paixão, pura entrega

surpresa boa – parte I

Quando eu conheço uma música – e gosto dela, acabo por fazer uma imagem do que ela seria. Associo ela a alguma situação, pessoa, lugar etc. Esse vídeo que posto hoje é um exemplo de quando associei a música a uma situação e o clipe foi EXATAMENTE o que eu tinha imaginado.

Tive o prazer de conhecer a Fiona Apple quando ainda estava na escola. Peguei carona com uma amiga muito querida (e talentosa) por uns dois anos. Durante todo esse tempo o que tocava no carro era ou CBN ou Fiona Apple. Sem exagero: ouvi Fiona Apple quase todos os dias pela manhã por quase dois anos. Reclamo disso? Jamais!! Só agradeço! Enfim, nesta época, acabei por ter uma quedinha por um rapazinho de um ano abaixo do meu. Primeiro flerte com  meninos mais novos que eu… mal sabia! Apesar da diferença mínima de idade (um aninho!), acabei por associar ele e a minha paixonite a essa música.

Anos mais tarde, quando a internet começou a permitir que assistíssemos aos clipes das músicas sem depender da MTV, encontro esse vídeo e levo um susto: é exatamente o que eu imaginei para a música! Mulher e criança. Tentativa de dar certo, mas que acaba indo embora. Incompatibilidade. Hoje essa música diz muito mais pra mim. A frase “Hunger hurts, but starving works/When it costs too much to love” é hoje quase um mantra. Manter a calma, não se afobar. Esperar pra ver direito o que é ou quem é a pessoa com quem você está se envolvendo.

Com ou sem historinha introdutória, essa música e esse clipe valem a pena demais!! A Fiona está no topo das minhas cantoras preferidas! As letras são lindas: femininas, fortes, com muita personalidade.

 

“I thought he was a man

But he was just a little boy”
Quem nunca passou por isso?