margaridas

Hoje posto uma das músicas mais espirituosas, da cantora que considero a mais espirituosa dos últimos tempos, a pernambucana Lulina (que por sinal, tá com músicas novas pra downolad aqui).

Afinal meninas, quem nunca…?

sambinha pra trazer você de volta

aquarela por Fábio Moon

Olha ela aqui outra vez!! Coincidência – ou não – que ontem, procurando qual seria a música de hoje, topei outra vez com o super recém lançado clipe da Mallu Magalhães. A música, outra lindeza do disco Pitanga, chama Sambinha bom. E o título diz muito sobre ela. Ou diz tudo: simples, levinho, gostoso. Pra ouvir juntinho, grudado…

*suspiros distantes*

Como li na ótima matéria do Rocknbeats, uma coisa muito legal do vídeo foi o climão, que lembra muito aquele antiiiigoooo primeiro clipe da Mallu. Como se ela, depois de ‘crescida’, revisitasse o quarto, as cores, as malas. A maquiagem vermelha no olho.

Lindo, delicado.

Pra te trazer de volta.

.com.br

Esses últimos dias tenho pensado muito em .com.br, e em como a grande maioria das músicas que posto aqui são internacionais. Não que eu não goste de MPB, apenas que realmente não é o que predomina na minha playlist…  Mas querendo fazer um post sobre MPB hoje, pensei: qual seria a banda brazuca que mais me influenciou?

Ai.

Eu não cresci com esse som em casa, uma vez que meu pai nunca curtiu e minha mãe não ligava muito pra música. Então posso dizer com certeza que a primeira – e talvez única referência de MPB que eu tenha tido em casa quando criança foi o Toquinho – ídolo, maravilhoso. Amo amo amo. E foi o amor por ele que me levou até Vinícius. Gente, Vinícius. Muso. E foi então que eu aprendi que música brasileira tinha representantes da melhor qualidade, e que falar que MPB perde pra qualquer movimento londrino é ignorância no assunto.

Se eu fosse descrever tudo que descobri de MPB depois que comecei a ter o desejo de conhecer mais a música da nossa terra, esse post não ia ter fim – claro, até hoje eu sempre esbarro em uma coisa nova. Algumas pessoas são dignas de nota, como Lenine que mudou minha vida (gente, Lenine!Lenine!). Mas hoje não é dia de Lenine. Hoje é dia de Los Hermanos.

Por que Los Hermanos? Acho que porque Los Hermanos foi a banda que fez o som que eu gosto aqui. Ou pelo menos a primeira que me mostrou que dá pra fazer um som alternativo em português, sim. E muito bom.

As músicas são foda, as letras são lindas, e as referências cariocas nem me incomodam – aliás, durante algum tempo eu tinha certeza que qualquer dia desses que fosse dar um passeio no Rio ia acabar encontrando eles (todos juntos) passeando por lá, e sentar e tomar alguma coisa.

Eu ainda não sentei num buteco com o Los Hermanos, mas eles participaram de momentos ótimos da minha vida, inclusive de alguns shows incríveis.

Eu achei que escolher uma música só pra colocar aqui fosse ser muito difícil, mas nem foi. Porque se eu for escolher um álbum, eu escolho o Ventura. E se eu for escolher uma música, Último Romance.

Because of reasons.

Uma música pro dia passar rápido

Apesar de ser de 2010, Feito pra Acabar foi um dos álbuns que descobri em 2011, assim como o seu cantor, o paulista Marcelo Jeneci (talvez o nome seja estranho, mas lembra aquela música “Amado“, da Vanessa da Mata? Compôs com ele). Acho que a Ana já até comentou sobre a linda Felicidade em um post no início do blog, quando ainda era Tumblr, mas a minha favorita do álbum é definitivamente Copo d’Água.

Pra colocar no fone do trabalho e dançar junto. E quem sabe, não resistir ao impulso de bater palmas junto com a música.

O que você quer saber de verdade.

Um outro dia, muito por acaso, ouvi uma música que eu não ouvia há muito tempo: Diariamente. Essa música linda, singela e com um clipe que é um dos meus favoritos de todos os tempos. Logo pensei em postar no blog. Mas buscando Marisa Monte descobri que ela está com um álbum novo, O Que Você Quer Saber de Verdade. Sim, eu só descobri o álbum novo essa semana. E foi uma ótima surpresa.

Gosto dela desde a época de colégio e tive o provilégio de assistir um show sensacional no lançamento do Verde, Anil, Amarelo, Cor-de-rosa e Carvão no Palácio das Artes. Escutei o novo pouco mas já estou gostando bastante e torcendo para assistir ao vivo…

A música escolhida para o primeiro clipe, Ainda Bem, já é uma das minhas preferidas do trabalho novo. Mas a faixa 5 é uma parceria com Rodrigo Amarante, de quem também sou fã. Não tive escolha. Quem ganhou destaque no post de hoje foi O Que se Quer.

De repente passar o dia em casa amanhã aproveitando o frio, tomando café e ouvindo Marisa Monte, se tornou na melhor pedida pro meu feriado… Pra vocês, fica a dica.

belo estranho dia

 

Música do segundo CD da Roberta Sá, ‘Que belo estranho dia pra se ter alegria’.

Conheci o trabalho dela muito por acaso: ouvindo um dia a Radio UOL, tocou a música ‘Ah se eu vou’. Apaixonei pela voz, pela levada… Comecei a correr atrás de outros trabalhos da moça. Essa é minha música preferida do álbum: foi escrita pelo Moreno Veloso especialmente pra ela.

A letra é linda, vale uma lida.

Por @piperaceae

 

Melhor viver, meu bem

“Tem vez que as coisas pesam mais do que a gente acha que pode aguentar

Nessa hora fique firme, pois tudo isso logo vai passar”

Nesses dias, acordar e encontrar uma musica como essa no mural é um presente. Ajuda a rir e respirar fundo e lembrar das amigas queridas. E lembrar que logo vai passar.

“Melhor viver, meu bem, pois há um lugar em que o sol brilha pra você”