Antes que seja tarde

20120722-183625.jpg

Comigo acontece muito: ser aniversario de alguém que eu gosto muito muito e, por puro desligamento, acabar sem nem dar parabéns ou ‘oi’ direito. Prefiro deixar pra dar um abraço quando encontro. Não é muito legal da minha parte, mas acontece com uma certa freqüência. Shame on me…

A mesma coisa acontece com presentes: tem vez que quero, mas não encontro exatamente o que queria pra tal pessoa. Até que de repente, a inspiração vem: você bate o olho em alguma coisa e sabe que aquilo TEM ser de alguém. AMO quando isso acontece!

Pela primeira vez, isso vai acontecer aqui com uma musica! Sexta estava no carro, indo pro teatro. Todos podcasts já tinham se acabado, me joguei no aleatório do iPod. Mais uma vez, ele descobriu o que eu queria. A musica, fofa, leve, tranqüila, encaixou com o que eu tava precisando na hora. Quem toca a musica: Smashing Pumpkins. Qual o nome da musica: Luna. Na hora lembrei da Luna querida aqui do blog, que foi aniversario dela a pouco tempo. Que não consegui ainda dar um abraço, que não fui na festinha escândalo que ela fez. Que só dei um ‘oizinho’ mixuruca, mas fiquei aqui super querendo estar por perto.

Hoje a musica vai pra ela, como se fosse um presente atrasadinho.

Te adoro querida!

amigos, amigos

O que seria da vida sem os amigos, né? É tão bom ter com quem contar, conversar, trocar, até brigar. Coisas assim acontecem. Amanhã, quando eu volto pra minha ‘vida real’, volto a ficar longe de algumas pessoas muito muito queridas e muito importantes na minha vida. Sinto falta. E tem também um medo de ver que, algumas vezes, coisas acontecem que acabam afastando pessoas. Antes fosse só a distância… É ruim não saber o que é, é ruim não conseguir conversar… Sério, dói.

A amizade é a base desse blog: troca entre amigas. É esse o meu grande estímulo a escrever.

Escolhi pra ‘simbolizar’ isso uma música dos Beatles, famosa na minha geração por embalar Kevin Arnold, Winnie Cooper e Paul Pfiffer, na abertura da série ‘Anos Incríveis’.

Pois ter com quem contar faz toda a diferença. E faz muita falta também.

awesome people hanging out together

Estou a dois passos do paraíso! Não, não é essa a música de hoje… até por que, de uma certa forma, da quinta-feira são sim dois passos (dias) do fim de semana! Numa semana super corrida e cheia de coisa boa/pessoas boas em volta, quis colocar uma música que mudou um pouco de sentido pra mim nos últimos meses: Do Leme ao Pontal, do Tim Maia.

É um pouco difícil explicar toda a ‘especialidade’ da música. Basta dizer que ela me lembra que fiz boas escolhas, que conheci pessoas fantásticas, inteligentes e talentosas esse ano. Pessoas que viraram amigos, dos mais queridos. Realmente, não há nada igual (no mundo). E bom, videos do Tim cantando são um show a parte, né? O cara arrasava: batia papo o tempo todo! (quem não leu ainda a biografia dele CORRE!)

Pra entrar na sexta com o pé direito, pra entrar em setembro de peito aberto!!