consufo

Desesperada pra ter paciência. O ano passado inteiro e bom, até um mês atrás, esse era meu lema. E ele vem de uma música que eu amo: . Ela é do Tom Zé, mas caiu na minhas graças através da Zélia Duncan. Nunca conheci/gostei de  muita coisa dela, a não ser quando tocava Catedral na série Confissões de Adolescente… Mas o disco Eu me transformo em outras, de 2004, é excelente! De acordo com a própria cantora:

“No repertório, minha memória recente e remota, o desejo de homenagear vozes e autores que me fizeram tomar a decisão de também dedicar minha vida à música. Minha Elizeth Cardoso, Araci de Almeida, Sílvia Telles, Ná Ozzetti, Herivelto Martins, Nelson Gonçalves, Wilson Batista, Hermínio Bello de Carvalho, Tom Zé, Itamar Assumpção, Tom e Vinícius, Haroldo Barbosa, Ella Fitzgerald, Luiz Tatit, Cartola, Lula Queiroga, Jacob, Wisnik, Claudionor Cruz, Pedro Caetano…”

Além dessa excelente de hoje, preciosidades como Capitu do Tatit também completam o repertório.

A música de hoje é uma delícia! Além da letra maravilhosa, traz o querido  Marcio Bahia na bateria e percussão e o excelente Gabriel Grossi na gaita.

Não digitei errado, é consufo mesmo. Uma piadinha interna com a palavra ‘confuso’… (sou #BD, yeah!)

2 pensamentos sobre “consufo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s