numa tarde de domingo

Tem hora que é difícil decidir entre ir e ficar mais um pouco. Tem hora que é difícil medir o impacto que alguma coisa vai ter na sua vida: se passa rápido, se fica. Mas a decisão de viver aquilo ou não tem que ser tomada na hora, na pressa.

Na dúvida? Arrisque! É bom sair da zona de conforto, é bom tentar o novo, é bom apostar no desconhecido. Nem que seja pela ‘durabilidade poética‘ que as coisas passageiras vão ter na sua vida. Fica a história, fica o pensamento, fica o olhar, fica o sentimento.

Lembrei da música linda da Tulipa Ruiz, exatamente sobre isso.

Que o que seja pra ficar, fique. Se não for, pelo uma linda história vou ter pra contar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s