Mansão Luxemburgo

“Quando a gente se viu pela primeira vez, eu estava no chão da Mansão Luxemburgo fazendo uma performance de Bad Romance da Lady Gaga.”

“Sério?”

“Ah, coisas de Mansão Luxemburgo.”

Sim, coisas de Mansão Luxemburgo. Onde juntávamos 5 almas animadas e de repente estávamos numa festa que virava a noite. Não que toda festa da mansão fosse por acaso: algumas tinham tema, decoração, trilha sonora. Mas qualquer coisa era motivo de festa. E o que transformava uma noite avulsa em num evento (além dos 5 empolgados) era, claro: música.

Foram muitas que marcaram momentos sensacionais, e acredito que perguntando para aqueles que eram presença garantida a opinião da mais marcante com certeza vai variar de um pro outro. A minha eu sei qual foi, e por acaso (ou não) quem me apresentou foi o Luiz. Mas essa fica pra outro dia. Ela merece um post só dela.

A de hoje apareceu pra mim na semana passada, quando ele me mandou uma música dizendo que apesar dela nunca ter tocado na mansão, “dá vontade de dançar descontroladamente, meio no clima Boite Lux”. 

Admito que demorei um pouco pra ter coragem de escutar, pois quando o Luiz falou que lembrava a mansão eu já sabia que, ao escutar, ia sentir saudade da Boite Lux dando um aperto no coração. Apertou um pouco sim. Mas foi um aperto gostoso. 

Fitz and The Tantrums é uma banda americana com apenas 1 álbum de 2010, Pickin’ Up The Pieces, de onde a música de hoje, Moneygrabber, foi tirada. É pra dançar, é pra brigar com os amigos pra ver quem vai fazer a voz da negona, pra colocar na trilha sonora da novela… É pra ter desculpa de encher a casa de gente e aumentar o som.

Obrigada, Lulu!

Mas antes de irem, pra quem teve curiosidade de saber, os dois que se conheceram no meu sinteco passam bem e são amigos até hoje.

E pra quem ficou com saudade ou com vontade de mansão, fica a dica: #mansaomusique

Um beijo.

13 pensamentos sobre “Mansão Luxemburgo

    • Vc sabe qual é a outra canção! Hihi ninguém mais adivinhou…
      Poxa, Lulu, show deles deve ser o máximo. Nem fiquei sabendo, mas ia curtir ver eles ao vivo.
      Na próxima.

  1. Lunita, Lunita, Lunita, só digo uma coisa: apertou forte demais…
    A vida muda, a gente muda, o tempo e as prioridades mudam, os desafios, as conquistas. Mas nosso cerne é essa alegria. Nosso cerne é nossa amizade baseada na nossa verdade, flexibilidade, aceitação de nossas diferenças e saber que ganhamos muito ao convivermos. Ganhamos aconchego, compreensão, alegria, conselhos. Ganhamos vida!!!!!!!
    Biefa, você está nessa fazendo a performance da sua vida. Você está nessa sendo um exemplo pra mim e essa parte eu já te contei.
    Meus amigos, minhas referências, minhas saudades. Mas estamos na mesma cidade, portanto, nos revermos fica mais fácil. Vontade de vê-los agora, mas sexta-feira e o final de semana estão aí. Uhu!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s