A palavra é som

Hoje é inevitável escrever sobre outra coisa que não seja o festival que ta rolando aqui em BH, o Palavra Som.

Festival da canção contemporânea.

De todas as coisas que estou ouvindo atualmente, metade estão tocando neste festival. Mel prazer para os meus ouvidos.
Para saber mais sobre o festival, o que está rolando, e quais oficinas foram dadas, acesse aqui.
Eu podia explorar de várias formas os artistas que estão tocando, mas resolvi falar de um show que vai ter hoje, o do Alexandre Andrés, aquele da inesperada curva! =)

Desde o dia que fui no show, escuto uma música ou outra dele, sempre, de manhã, pra já fazer o dia ficar mais suave, mesmo que não seja essa a toada.

Então hoje, eu deixo aqui, Floresta, que tem tudo que eu amo numa música, instrumental perfeito, suavidade, música que cresce. Eu fecho os olhos e vagueio.

E hoje vou me deleitar, esperando ouvir, o que foi uma das mais belas canções que já ouvi, Um som azul …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s