minha experiência no Rock in Rio. Ou não…

prólogo:

Na madruga deste sábado para domingo, as 2 da manhã, toca meu telefone. Sim, era fim de semana mas eu estava dormindo. Tinha acabado de apagar a luz. Vi que era meu irmão e fiquei preocupada… Essa hora, meu deus aconteceu alguma coisa!!!! Atendi e ninguém fala nada. Só um barulhão no fundo: um tanto de voz… parei pra prestar atenção. A música era ‘Under the bridge’ do Red Hot Chili Peppers. Lembrei que meu irmão tava lá no Rio, no show. Mais uma vez ele foi sem mim…

capítulo 1: como perdi meu rock’n’rio

Mais de dez anos atrás, em 2000, tive uma das melhores notícias que poderia ter na época: Red Hot Chilli Peppers ia tocar no Brasil em 2001, no Rock in Rio, na turnê do Californication. No mesmo dia teria Silverchair! E Dave Mathews Band outro dia! Putz, maravilha! Só ir atrás de companhia, afinal, 18 anos e sozinha no Rio não ia dar certo… Surtei quando descobri que meu irmão mais velho ia ao show com um primo nosso! Beleza, deu tudo certo, enfim vou ver o Anthony Kiedis (lembrei ontem que o nome do meu querido vocalista foi o primeiro termo que pesquisei na internet na minha vida! Primeira vez que sentei num computador conectado à internet fiz uma busca no Alta Vista pelo nome do meu amado vocalista da minha amada banda…)!  A paixão pela banda já era muito antiga, dez anos atrás.

Bom, qual não foi minha surpresa quando meu irmão me diz que se eu quisesse ir beleza, mas não com ele: mulher dava muito trabalho em show grande. Não adiantou prometer me comportar, ficar quietinha, não rasgar a roupa: nada fez ele concordar em me deixar ir com eles. Passei um tempo desesperada atrás de amigos que fossem, mas nada, ninguém… sad trombone pra mim.

Resignada, assisti todos os shows de casa. No dia desse show, depois do Silverchair, ele me liga: aqui tá foda, o show foi foda! Você devia ter vindo tá super tranquilo! Primeira lágrima rola rosto abaixo. Começou o show. Assisti com o coração na mão, segurando o choro loucamente. Ok, enfim acaba. Mal sabia eu que o pior ainda estava por vir: o bis. Quando começou aquela guitarra, não consegui mais: abri a boca a chorar. Eles tocaram a minha preferida, a música que por muitos anos foi um acalanto pra mim: Soul to Squeeze. Naquela hora soube que eu TINHA que ter ido ao show, eu TINHA que ter dado um jeito de estar lá. De ver aquilo de perto: Anthony, Flea, Chad Smith e o John Frusciante (enfim de volta).

Nunca mais consegui ter vontade de ir ao Rock in Rio ou qualquer grande evento musical. Não sei se um dia vou ter pique, se o festival vai seguir a tendência apontada num dos últimos Nerdcasts e só piorar daqui pra frente. Não sei. Só sei que o sentimento que ficou é que era AQUELE o meu show, aquele era o ano que eu tinha que ir.

Bom, devidamente explicados os motivos, hoje posto essa música que tanto amo: Soul to Squeeze. O video é dessa apresentação de janeiro de 2001 que eu perdi.

 

Recomendo muito o lindo clip oficial. Clima circense, Anthony em sua fase mais maravilhosamente gato. Fiquei muito na dúvida qual versão colocava, mas achei que o ao vivo ia combinar mais com o restante do post. Essa música foi feita para um filme que assisti uma vez mas nem me lembro direito: The Coneheads. A letra é linda, ela toda combina muito com minha fase atual, principalmente o refrão:

“Where I go I just don’t know

I got to got to gotta take it slow

When I find my peace of mind

I’m gonna give you some of my good time”

epílogo

Revendo o vídeo do show, minha raivinha até foi acalmada. Durante quase metade da música o John não toca!! Ela foi inteira segurada no baixo (que baixo!) e na bateria!! Os olhares do Anthony pra ele no fim da música são de ódio!

Não que isso mude o fato de que eu queria muito sim ter visto isso tudo ao vivo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s